Miscelâneas
CONSTRUIR COM

A questão é construir com e não para. Mas isto significa ter uma concepção. Não tem modo a ver com “poder fazer um bom projeto”. Se trata de poder fazer um projeto, quer dizer, de “construir as condições para a elaboração de um projeto sempre mais e mais independente, inclusivo, capaz de interpretar as complexas variáveis que estão em jogo numa encruzilhada projetual”. E esta demanda implica:

- Saber ler a estrutura do lugar;

- “Ouvir as demandas”: políticas (do poder), sociais (das comunidades), econômicas (ativação de forças através do projeto) e urbanísticas (articulando a lógica da cidade com a lógica do lugar);

- Incorporar os aportes das outras disciplinas;

- Elaborar o esquema urbano (urban scheme) que sintetize e formalize as soluções para cada parte do problema, levando em conta o interesse geral da cidade.

Jorge Mario Jáuregui